Crianças do Mundo – On Festival

veja mais sobre o trabalho do candidato

galeria de imagens

material do projeto

Este poema em específico eu escrevi quando tinha quatorze anos, escrevo desde os meus oito anos e sempre tive o desejo de publicar um livro com os meus textos. Eu tenho vários poemas, contos e livros não terminados que eu adoraria presentear ao público futuramente. “Mãos Pálidas” escrevi para um projeto de escola chamado “Projeto Revista”, onde nós alunos visitamos o hospital infantil de vitória e fizemos vários projetos com as crianças. Minha professora de literatura quem me pediu para redigir um poema, pois sabia que eu era apaixonada por sonetos. Minha inspiração foi o contato que tive com as crianças do hospital.

o que motiva Carla Gabriela Almeida Pereira?

Tendo como texto principal, o “Mãos Pálidas”, meu projeto será um conjunto de poemas que abrangem reflexões sobre o momento em que vivemos, mas também uma doce recordação de nosso “eu” da infância, quando éramos inocentes, porém o desejo de ajudar não somente o mundo, mas o universo inteiro, encontrava-se ardente como fogo.

realização