Brigada Pipeira – On Festival

veja mais sobre o trabalho do candidato

galeria de imagens

Na produção do jogo Brigada Pipeira, pretendo fazer todo o processo (gráficos, sons e código) de forma autônoma.
Importante mencionar que eu já tenho experiência na produção de jogos. Um deles foi realizado no desafio da Game Makers Toolkit – onde, a partir da temática “controle”, eu tinha um prazo de 48 horas para a produção. O resultado desse meu trabalho está disponível em .
Na Brigada Pipeira, tenho a intenção de realizar a arte com técnicas de ilustração digital no Krita, um programa gratuito, e buscar um estilo favela-afrofuturistica-punk-wave – ou seja, uma mistura de elementos visuais artísticos que envolvem as perspectivas do Afrofuturismo, Cyberpunk e Vapor Wave, mas contextualizados para representar a realidade do negro brasileiro.
O Afrofuturismo é um movimento artístico que surgiu a partir da diáspora africana e busca trazer nas obras a existência potente e afirmativa do preto em um mundo futuro (futuro próximo, distante ou alternativo).
O Cyberpunk é um movimento que também foca no futuro ou nas realidades alternativas, mas utilizando uma estética na qual prevalecem os implantes de tecnologia no corpo humano. Uma temática recorrente é a guerra urbana entre grandes corporações privadas.
Já o movimento artístico Vapor Wave traz elementos da retrô-web, ou seja, faz referência à estética inspirada no design da internet e videogames dos anos 1990/2000.
Para a produção sonora do jogo, pretendo trazer batidas de hip hop que aprendi a produzir nos últimos anos por meio da internet. Entendo que casam bem com a estética que eu busco, já que trazem a sonoridade eletrônica, preta e aberta para receber intervenções de samples que remetem ao universo virtual e tecnológico.
Na parte de programação, eu pretendo utilizar Godot, que é um motor de código fonte aberto (open source engine) e completamente livre/gratuito para produção de qualquer jogo.
O Brigada Pipeira é um jogo que utiliza a perspectiva clássica de jogos plataforma, onde o personagem atravessa cenários na horizontal e superam desafios e obstáculos na vertical (por exemplo os jogos do Super Mário).
Essa aventura acontece no Território do Bem, em Vitória, só que ilustrado em uma realidade alternativa. Os jogadores, portanto, verão os personagens em possíveis cenários já conhecidos pelos habitantes locais, mas representados em uma visão futurística cyberpunk do local.

O sonho é conseguir, a partir desse projeto, mais experiência e divulgação das minhas habilidades artísticas e de produção de jogos. Assim, no futuro, pretendo produzir coletivamente vários tipos de produtos artísticos (jogos, quadrinhos, livros/textos, filmes, animações e músicas). rnAcredito que meu maior talento é a curiosidade e a vontade de compartilhar o que aprendo. Fazer isso é algo que eu amo e quero que seja meu dia a dia: produzir muito e em comunidade.

Instagram

o que motiva João Paulo Rocetti Nascimento?

O sonho é conseguir, a partir desse projeto, mais experiência e divulgação das minhas habilidades artísticas e de produção de jogos. Assim, no futuro, pretendo produzir coletivamente vários tipos de produtos artísticos (jogos, quadrinhos, livros/textos, filmes, animações e músicas). Acredito que meu maior talento é a curiosidade e a vontade de compartilhar o que aprendo. Fazer isso é algo que eu amo e quero que seja meu dia a dia: produzir muito e em comunidade.

cota ouro

cota prata

cota bronze