Adilson BATISTA DA SILVA JUNIOR – On Festival

Capricho Brasileiro.

Projeto individual
Categoria: musica

Dados Pessoais

Função no projeto: Violinista e diretor artístico
Nome: Adilson BATISTA DA SILVA JUNIOR
Documento: IDENTIDADE - 3.686.331
Email: jmontenegrofficial@gmail.com
Telefone: (27) 98878-9820

Contato próximo 1: Marta de Souza Montenegro - (28) 99884-1568
Contato próximo 2: Juliany corrêa Machado - (27) 99706-7945

Endereço

Endereço: Beco Sebastião Alves da Silva --- Número: 28
Bairro: Centro --- Cidade: Cachoeiro de Itapemirim
Complemento: Rua sem saída

Material de texto

O Projeto denominado "Caprichos Brasileiros" tem por objetivo propagar um novo olhar e estilo musical dos ritmos Brasileiros principalmente do Congo ( ritmo cultural típico do estado do Espírito Santo) através de peças autorais em processo de composição para Violino Solo. rn Para a propagação desse novo cenário musical, contarei com a ajuda de instituições públicas privadas e das mídias sociais para a execução do projeto em solo nacional e internacional.rnEm quesito social, viso, além da propagação da cultura do estado do Espírito Santo a integração dos jovens em estado de risco ou não á música erudita Brasileira, com o intuito de dizer que a música, salva, transforma, acalma, não possui gênero, não possui religião e transforma o ser de dentro para fora.

Descrição do trabalho

Bom, essa peça eu escreve quando eu tinha 15 anos para o festival jovens talentos da minha cidade natal , Cachoeiro de Itapemirim , após um ocorrido que aconteceu com um ex aluno meu de um projeto social onde, após uma das aulas de música do projeto social ele voltando para casa foi vítima de estupro e me marca fortemente até hoje esse ocorrido. E a peça demonstra com exatidão tudo oque senti no momento , profunda tristeza, raiva e mais tristeza .

Objetivos

Abranger toda a América Latina e levar até a Europa.

Motivação

Olá!rnBem, o trabalho designado pelo nome de Capricho Brasileiro surgiu através de um ocorrido com um ex aluno meu de um projeto social em 2013 onde após uma das aulas de música voltando para casa ele foi vítima de estupro, e esse ato me causou e me causa muito revolta e extrema tristeza então tenho como meta e missão de vida levar a mensagem para os jovens com meu violino de que a música salva, transforma, motiva, dá esperança, força, não possu gênero e religião e modifica toda uma nação.

Uso do aporte financeiro

Com o pagamento dos transportes hospedagem, alimentação e divulgação dos concertos e ingressos para os projetos sociais selecionados.

Imagens anexadas

Outros arquivos